Assimetrias Cranianas

A escafocefalia representa o fechamento precoce de uma linha de crescimento ósseo chamada sutura sagital. Há desta forma a limitação de crescimento para os lados do crânio deformando o crânio e aumentando as suas dimensões para frente e para trás.

 

Têm-se, desta forma, um crânio fino e alongado com a possibilidade de formação de duas protuberâncias a bossa frontal e occipital, quer dizer, a testinha e a parte de trás da cabeça respectivamente que ficam abauladas.

O tratamento da crânio esteose sagital, de uma maneira geral visa a expansão craniana e o aumento das dimensões látero-laterais com a retirada da sutura doente permitindo a expansão do crânio. Este tipo de técnica é chamada de suturectomia, ou seja, retirada da sutura e têm suas principais indicações quando o tratamento contempla crianças muito jovens, espcialmente com diagnóstico próximo aos 3 meses de idade.

Quando o diagnóstico é mais tardio e nos deparamos já com o abulamento anterior e posteiror do crânio passa a ser necessário o remodelamento do crânio e consequentemente correção da da bossa frontal e ocicipital e por vezes das duas, além da expansão craniana. Mesmo para a técnica de remodelamento craniano existem diversas nuances a depender da faixa etária em vista de que quanto mais tardio é o diagnóstico mais espesso o crânio fica tornando cada vez mais complexa a possibilidade de remodelamento ósseo.

Hospitais cadastrados