Blog

É comum ao dar banho nas crianças a mãe ou até mesmo a própria criança encontrar algumas deformidades na calota craniana e se perguntar: seria normal?

carocinhos na cabeca devo me preocupar

Na maioria dos casos a resposta é sim, é normal! A calota craniana apresenta uma conformação ovalada sendo o maior diâmetro o anterior posterior e o menor o látero-lateral. Há também uma peculiaridade de a parte mais superior do crânio ter uma face mais arredondada e lisa enquanto a face mais inferior e especialmente a posterior apresentar diferentes espículas ou abaulamentos. Em geral os famosos "carocinhos" na cabeça representam uma destas espículas ósseas que ficam mais na região posterior próximo a nuca, junto da linha de inserção do cabelo. Tais estruturas em geral são rígidas à palpação e não são móveis quando pressionadas lateralmente com os dedos.

Outra condição frequentemente encontrada seria a presença de pequenos carocinhos bem arredondadinhos, as vezes dolorosos e de característica fibrosa a palpação como se fossem pequenas lentilhas soltas abaixo da pele mas acima do crânio. São geralmente móveis quando pressionados para os lados e situam-se na nuca mais lateralmente, abaixo dou ouvidos. Representam neste caso estruturas chamadas e linfonodos e em geral estão presentes em números de 1 a 2 no máximo. São estruturas com intuito de defase celular nas quais há aglomerados de células de defesa focadas em matar bactérias, fungos e vírus cuja entrada se dá pela cavidade oral, pavilhão auditivo ou até pele. Quando encontradas em grande quantidade e em especial aglomeradas juntas devem ser avaliadas junto ao pediatra pela possibilidade de se tratar de outras doenças como por exemplo os linfomas.

Uma terceira condição seria a identificação de pequenos abaulamentos ou deformidades, em geral não dolorosos, fixos junto ao crânio, não podendo ser mobilizados quanto empurrados lateralmente. Posicionam-se mais frequentemente junto a porção mais superior da calota craniana nos locais onde a mesma tem aspecto mais liso e arredondado. Há nestes casos a necessidade de investigação médica com o pediatra. Como exemplos destes últimos podemos encontrar os cisto de inclusão dermóide intradiplóico, as lesões tipo histicocitose de calota, dentro outras.

.

Investigação:

Radiografia simples de crânio com incidência AP e Perfil é um bom exame de rastreamento quando se inicia uma investigação de deformidades da calota craniana. A identificação mais pormenorizada como a realização de Tomografia de crânio pode ser realizada se qualquer alteração no RX. Ressonância magnética de encéfalo e até ultrassonografia de calota craniana têm também seu papel estando reservados para casos mais pontuais. Quando há a suspeita de linfoma faz necessários outros exames como o hemograma completo e eventualmente biópsia ou aspirado de medula óssea.

Tratamento:

Na sua grande maioria das vezes até pelo diagnóstico de normalidade das lesões encontradas o tratamento é somente orientação. Em casos mais específicos como nos tumores de calota craniana pode ser necessário o tratamento cirúrgico e a quimioterapia como nos exemplos dos linfomas. Converse com seu pediatra e se necessário agente uma consulta com o neurocirurgião pediátrico.

imagem caroco cabeca infantil

imagem caroco cabeca crianca

imagem carocinho na cabeca crianca

Hospitais cadastrados