Assimetrias Cranianas

A plagiocefalia posicional, ou seja, a deformidade craniana causada pelo posicionamento vicioso do crânio, é a mais comum deformidade craniana na faixa etária pediátrica.

Podemos assim dizer que é “sempre” presente naquelas crianças cujo internação é mais prolongada que o habitual e muito frequente naquelas que habitualmente dormem na cama ou no berço no quarto dos pais. Nas unidades de internação o posicionamento prolongado nos bercinhos e nas incubadoras causa frequente a deformidade da plagiocefalia posicional com o achatamento da região posterior do crânio e a assimetria da fronte contralateral. Fica fácil de entender neste contexto frente a causa deste processo. Já nos bebês que habitualmente dormem junto ou próximos aos pais o mesmo fato acontece, porém por motivo diferente. Por mais interessante e presente que o pai possa representar não há como negar que a atenção sempre estará voltada para a mãe, quer seja pela relação de afeto existente, quer seja pelo fato de ser a fonte de alimento do bebê. Neste contexto dificilmente mãe e pai modificam diariamente o posicionamento do berço e/ou seu próprio posicionamento na cama que dormem. Sendo assim o bebê têm uma preferência posicional sempre voltado para a mãe e claro esta para o bebê favorecendo um vício de posição durante a noite, motivando a deformação craniana chamada de plagiocefalia posicional.

Modificações simples e efetivas

Para aquelas crianças que permanecem hospitalizadas uma medida bastante simples é a modificação diária do posicionamento do lado ao qual os pais se posicionam no berço bem como a mudança de posicionamento lateral frequente durante o dia. O mesmo raciocínio pode ser utilizado para aquelas cujo fator causal é o posicionamento vicioso no lar. Outra medida factível e o posicionamento em dias intercalados da cabeça da mãe posicionada dia sim e dia não do mesmo lado da cabeceira da cama e contrária a cabeceira (no local dos pés). O bebê permanecerá mantendo contato visual com a mãe, entretanto o ponto principal de apoio craniano mudará de lado conforme as noites.

Tummy time

Refere-se à prática de posicionamento ventral do bebê, ou seja, com a barriguinha para baixo, em contato com o berço, sempre sob supervisão dos pais. Com a frequência diária e eventualmente mais de uma vez ao dia, fortalece-se a musculatura da região posterior da nuca tornando cada vez mais prolongado o sustento cefálico e auxiliando o remodelamento ósseo no qual a musculatura está inserida. O período de aproximadamente 30 minutos por vez é suficiente e deve ser sempre supervisionado por um adulto para que em caso de refluxo de leite este não venha a engasgar e asfixiar com o mesmo. O período ideal seria entre o segundo/terceiro mês de vida quando o mesmo começa a desenvolver a musculatura da nuca até o momento no qual o bebê passa a permanecer sentado sem apoio, ou seja, quando não mais passa longos períodos de tempo deitado sob o mesmo lado do crânio.

Mimo’s Pillow

Representa o nome de um travesseiro específico desenvolvido para o tratamento da plagiocefalia. No presente momento o mesmo não têm representação comercial no Brasil devendo ser importando de outros países, em especial europeus. Como conceito principal este travesseiro apresenta uma conformação especial como se fosse uma “donnut”, com orifício central no qual a cabecinha do bebê repousa e com espessuras mantida nas diferentes posições da borda do travesseiro. A espessura também é particular de forma que independentemente do local de apoio do crânio a tensão é a dissipada na superfície craniana impedindo assim a deformação da superfície craniana.

Capacete craniano

A falha das medidas acima, bem como a deformidade importante da calota craniana desde os primeiros meses de vida são indicações formais de colocação de uma órtese ao redor do crânio com intuito de modificar de maneira estruturada o crescimento craniano. Para tal utiliza-se os capacetes cranianos já conhecidos no mercado que promovem de maneira eficiente a alteração do crânio. Vale a ressalva entretanto que tal tratamento restringe-se nas condições acima descritas assim como apresentam alto custo quando comparados aos outros tratamentos citados.

Hospitais cadastrados